sábado, 18 de fevereiro de 2012

Bom carnaval para todos! Divirtam-se!!



A vida...
Então meninas (os) vou vos contar o meu dia de quinta-feira ! Fui à Prelada encher o meu expansor. Desta vez custou mais um bocado. A suposta mama parece uma pedra grande e dura. Parece que estou metida numa forma onde não tenho espaço. Sinto-me super apertada. No I.P.O. foi um filme quase de terror!!! Cheguei lá às 15h pois tinha o exame marcado para as 15: 30 minutos.
 Já levava a minha bexiga cheia! Passaram-se as 15:30, as 16h as 16:30 e nada de me chamarem para o exame. Às 17h eu já não aguentava mais.
Perguntei se estava demorado pois eu ia fazer xixi pelas pernas abaixo. Faltavam 3 pessoas depois seria eu isto se não chegassem mais doentes internados que têm prioridade. 
Fui fazer o meu xixi já não dava para aguentar mais. Claro que tive de voltar a encher a bexiga.
Toca a beber mais água e se há coisa que me custa é beber por beber. 
As horas passavam e eu tinha de levar os filhotes à piscina e ainda por cima era a avaliação das atividades da piscina do meu Bruno. Olhem um stress!!!! O medo do exame, as horas a passarem, a minha filha que anda com medo que eu vá novamente para o hospital e quando não me vê passa a vida a chorar (mas esta é outra história que vos vou contar). Isto tudo junto deu cá uma bomba nem imaginam!!!
Bem tudo passou! 
Quanto ao exame está tudo bem! A médica perguntou-me quando fiz o último papanicolau e pensa está na altura de fazer outro mas será a minha médica a decidir. Saí do I.P.O. ao fim de 3h e 49 minutos. Paguei de parque 4 euros e tal. Ainda fui comprar serpentinas para os meus meninos levarem hoje para a escola, fui a correr para a piscina para a avaliação do meu filho, ajudei a minha sogra a vestir os pequenos, acalmei a minha filhota, fui para casa dar-lhes de comer, etc, etc.
Agora a história da filhota! 
A minha menina agora não quer ir para a escola coisa que não é normal alias nada normal. Ela ouve a campainha da escola a tocar se eu não estiver lá ela chora.
Anteontem quis ficar comigo. 
Por vezes eu ia colocar gasolina no carro depois ia pagar porque convém (ihihihhih) ela ficava no carro com o irmão à espera e não havia problemas agora não, fica num pranto dos diabos. Nesta semana parei o carro mesmo em frente à farmácia e disse-lhes para esperarem que eu vinha já. Eles de dentro do carro viam-me! A minha filha começou a buzinar e a chorar desalmadamente. 
Ontem como fui para o hospital fazer os exames eles ficaram com os meus sogros a minha filhota perguntou logo porquê. Eu expliquei que ia ao hospital. Palavra que eu disse!! Começou logo a chorar. Eu expliquei que ia mas vinha rápido porque depois os ia levar à piscina. Ela acalmou-se!
Como eu demorei muito, (pelos motivos que já vos expliquei) quando chegou a hora de ir para a piscina eu não estava lá imaginem o que aconteceu? A Beatriz desatou a chorar ao ponto da minha sogra ter de me ligar para eu a acalmar.
Resumindo ela tem medo que eu vá novamente para o hospital e não venha.
Avaliando toda esta situação a culpa é toda minha. Tentei proteger os filhos! Não lhes contei que ia para o hospital e ia ficar lá uns dias. Pensei que eles não precisavam de sofrer vendo a mãe a ir para o hospital. Achava que os tinha de poupar de tudo isto que estou a passar. Não os quero ver sofrer por mim! 
A vida é tão ingrata! Tomara eu ter o poder de lhes proporcionar só felicidade e nada de sofrimento.
Não tenho infelizmente mas faço o que posso!!! 
Errei devia ter tido o cuidado de lhes explicar. Agora tenho de conversar mais com os meus filhotes sobretudo com a Bia pois ela para desabafar é uma caso sério é preciso arrancar as coisas a saca rolhas.