sábado, 3 de dezembro de 2011

Indignada, areliada e o pior de tudo super, hiper,mega nervosa

Como sabem eu continuo de Junta médica porque esta achou por bem eu ficar  mais um tempo em casa embora eu não seja obrigada a ficar no domicílio. Posso sair pois não tenho impedimento por parte médica até pelo contratrio os médicos, aconcelham-me a sair devido à minha depressão profunda grave.
Ora assim sendo eu de manhã preparo os meus filhotes e levo-os à escola. Depois acabo por lá ficar a ajudar no que for preciso. Ajudei na parte da coordenação da escola e agora neste momento estava a ajudar algumas colegas dando apoio a alunos com dificuldades. Preparava os cadernos com actividades e exercícios para fazerem consultando e pedindo sempre a opinião à colega da turma. No fundo eu estava a ser uma mais valia para a escola pois sempre era mais uma professora a ajudar. 
Vim a constatar que havia certas colegas que pensavam que eu estava a competir com elas. Não as colegas a quem eu estava a dar ajuda, mas sim as colegas do apoio.  Perante isto falei com o meu coordenador de 1º ciclo na passada sexta-feira sobre o apoio que estava a dar. Ele agradeceu-me mas disse-me que ia pensar no assunto, depois  dava-me uma resposta.
Hoje recebi a resposta que passou a ser a seguinte: vou parar com o apoio porque pode existir algum pai que vá reclamar ao agrupamento o porquê eu estar de atestado e estar a dar apoio a uns alunos e a outros não. Que posso com isto arranjar um processo disciplinar e ter de devolver dinheiro!!!! Mas porquê pergunto eu? A mim ninguém me está a pagar mais do que aquilo a que eu tenho direito por ser doente oncológica. Ninguém me está a pagar subsidio de refeição! Eu como já disse não tenho de ter permanencia no domicilio. Podia ir pintar para a rua ou pintar paredes que ninguém tinha nada haver com isso desde que eu não estivesse a receber dinheiro  por tais prestimos o que é o caso.
Fiquei pior que estragada! Só se preocupam com o que não devem! Será que eu estou a fazer algo de errado? Ninguém se preocupa com os alunos eles agora são meros acessórios. Só se preocupam com projectos, papéis e mais papéis, estatísticas, inspecções para obterem o maior número de cotas para as avaliações e para não perderem o lugar de chefia que têm neste momento. Pois se a avaliação da inspecção este ano não for positiva vamos para mega agrupamento e a minha directora que estava no cargo à uma porrada de anos pode perder o poder. Isto sim é que é importante! Agora se os alunos sabem ou não a matéria, se precisam de ajuda para ultrapassarem as dificuldades isso não importa!!!
E os pais outras lindas peças. Vocês acreditam que esta semana foi lá um pai à escola fora do horário de atendimento pedir à professora para esta o atender pois precisava de falar com ela à cerca do filho. Ela fez-lhe o favor de o atender. Pois ele depois de sair da escola foi ao agrupamento dizer que a professora atende uns pais e outros não fora do horário de atendimento. É preciso ter lata! E o que mais enerva ainda é que a presidente ainda lhe deu ouvidos. Se fosse comigo eu dava-lhe uma corrida que ele nunca mais voltava e se fosse a professora chamava-o à escola e dizia-lhe poucas e boas. O problema nisto tudo é que todas pessoas têm medo e eles pensam que podem fazer de nós aquilo que querem e lhes apetece. Isto tudo é ou não é revoltante!!!!! Bem disse o meu marido  que eu no fim ia receber a medalha de cortiça. Pois assim foi!

Vejam só o trabalho que eu tinha pois eram alunos de vários niveis de ensino, levava bastante tempo a procurar materiais para eles, imprimia em casa, a cores, com as minhas folhas e ainda plastificava os materiares isto tudo para ver se os cativava e entusiasmava para o estudo






Até encadernei os cadernos!




Trabalhos de 4ªº ano de escolaridade


Trabalhos de 1º ano de escolaridade

















Ainda faltam aqui cadernos de 2º ano de escolaridade e de um aluno com um défice cognitivo muito grande que está a nivel da pré-escola.


Enfim!!!!!!

Mas hà mais depois eu conto.