quinta-feira, 30 de junho de 2011

o meu percurso durante a quimio

Não foi fácil mas agora olho para trás e digo: - Já passou.
Não gosto muito ou melhor, não gosto mesmo nada de me ver de cabelo curto mas, tem de ser. A cabeleira era bonita mas com o calor estava a incomodar-me. Assim estou mais fresquinha. 
A meus filhotes aceitaram muito bem. Até acharam piada.  Estou a fazer um tratamento para o cabelo foi a minha amiga Ana Camões que me aconcelhou. São umas ampolas e um shampoo da Furterer. É um tratamento muito bom. Para as minhas pestanas também fiz um tratamento. Estão lindas e grandes! Eu vou colocar aqui as fotos dos produtos.

domingo, 19 de junho de 2011

Tela - Santos & Pecadores (tema do filme CONTRALUZ)



Quero pintar a minha vida de todas as cores.... Gosto muito desta música.

TRAM flap narrated



Este também é bom mas quem se imprecionar é um pouco forte...

Vídeo Interativo - Reconstrução Mamária



Estive a ver reconstruções da mama e achei este vídeo interessante. Espero que gostem e vos seja elucidativo.
Eu sou uma vencedora! Tu também vais ser! Tenho a certeza.
Fármaco que trata cancro da mama pode preveni-lo também



Uma nova pesquisa descobriu que é possível prevenir o cancro da mama e a boa notícia vai mais além: a droga já está aprovada para o tratamento da doença, avança a CNN, citada pela HypeScience.
Mulheres com risco elevado de desenvolver cancro da mama alimentado pela hormona estrogénio podem reduzir esse risco em 65% tomando o medicamento bloqueador inibidor da aromatase Aromasin® (exemestano), da Pfizer.
O Aromasin® é um dos três fármacos da classe de medicamentos chamados inibidores de aromatase que bloqueiam a produção de estrogénio em mulheres pós-menopáusicas. As duas outras drogas não são usadas para prevenir cancro da mama porque possuem, embora raramente, sérios efeitos secundários, como aumento do risco de cancro do útero e coágulos sanguíneos.
Estudos anteriores mostraram que o fármaco tamoxifeno reduz o risco de contrair cancro da mama em mulheres mais velhas em 50%, e a droga da osteoporose raloxifeno reduz o risco em 38%, após cinco anos a tomá-la. O exemestano, mais conhecida sob a marca Aromasin®, foi a que teve menos efeitos secundários.
A pesquisa envolveu 4560 mulheres saudáveis na pós-menopausa, com alto risco de cancro da mama. A redução de 65% do risco foi encontrada depois de as mulheres terem tomado os remédios por apenas três anos. O estudo continua.
Ainda assim, os próprios efeitos secundários de Aromasin® não devem ser ignorados. Segundo o estudo, as mulheres que tomaram o fármaco não tiveram efeitos tóxicos graves e apenas pequenas alterações na qualidade de vida.
Porém, especialistas que não participaram da pesquisa afirmam que inibidores de aromatase têm efeitos secundários significativos, como ondas de calor, artrite e perda de densidade óssea, o que pode ter um grande impacto na qualidade de vida de uma mulher, especialmente se ela não tem cancro.
Também 94 das mulheres tratadas com esse medicamento não beneficiaram dele até que uma conseguiu impedir o desenvolvimento da doença. Assim, quando se trata de prescrever Aromasin®, talvez fosse melhor limitá-lo a doentes com um risco muito elevado de cancro.
As mulheres são consideradas com alto risco se tiverem mais de 60 anos, estiverem na pós-menopausa e/ou tiverem biopsias de mama anormais.
Todos os especialistas concordam que as mulheres precisam de conversar com o seu médico para entender completamente os riscos e benefícios de tomar esses medicamentos antes de tomá-los.
A Pfizer, fabricante do Aromasin®, não quis revelar se planeia pedir uma extensão da sua patente com base na pesquisa.



Estas e outras notícias podem ser encontradas no portal de oncologia. É muito bom. Pesquisem!!!
Combinação de medicamentos é eficaz no tratamento do cancro da mama

Uma combinação de três medicamentos transformou-se numa esperança para as doentes com cancro da mama que têm metástases, por poder proporcionar uma taxa de resposta ao tratamento superior a 70% e uma sobrevivência livre da progressão do tumor acima dos 14 meses, avança o Jornal de Angola.
Miguel Martín, chefe do Serviço de Oncologia do Hospital Gregorio Marañón de Madrid e presidente do Geicam (Grupo Espanhol de Pesquisa em Cancro da Mama), coordenou um estudo internacional que apresentou na reunião da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica). Trata-se da combinação de dois fármacos biológicos – o tratamento padrão Trastuzumab e o antiangiogénico Bevacizumab – com a quimioterapia oral Capecitabina. Apesar de na fase pré-clínica ter sido comprovado que os três juntos conseguiam resultados melhores que agindo separadamente, isso não tinha sido confirmado em pacientes.

Para o trabalho foram recrutadas 88 pacientes com cancro da mama avançado, com o objectivo de determinar a eficácia e a segurança do tratamento triplo. “A realidade está a demonstrar-nos que é preciso combinar biológicos com citotóxicos se quisermos obter a máxima eficácia”, disse, realçando que foi acrescentada a capecitabina, que tem “um bom perfil de segurança”.
O cancro da mama HER2 positivo, no qual se centrou o estudo, caracteriza-se pela presença de quantidades elevadas desta proteína na superfície das células tumorais e afecta entre 20 e 25% das mulheres com a doença.
Notícias...

Investigadores do Whitehead Institute, nos EUA, identificaram um ponto vulnerável das células-tronco da mama que favorece a formação de tumores . O estudo revelou sinais de células epiteliais da mama que podem induzir as células a mudarem ou manterem um estado mesenquimal , incentivando tanto as células normais quanto as malignas a migrar e a auto-renovarem-se. Interromper esses sinais retira das células as habilidades de migração, invasão e de auto-renovação usadas pelas células-tronco cancerígenas em novos tumores, avança o portal ISaúde.
"As células-tronco são importantes tanto no tumor quanto no tecido normal . Por um lado, gostaríamos de saber o que cria as chamadas células-tronco cancerígenas em tecidos epiteliais com condições normais. Temos razões para crer que estas duas dinâmicas são orquestradas por um mecanismo regulamentar comum. Portanto, este trabalho pode ser aplicado para a compreensão de ambas as células do cancro da mama e células epiteliais normais, como as células normais nos ductos mamários normais", disse o investigador Robert Weinberg.
Durante uma transição epitelial-a-mesenquimal (EMT), células epiteliais adquirem as características das células mesenquimais. Ao contrário das células epiteliais bem-embaladas que se colam umas às outras, as mesenquimais estão soltas e livres para se moverem em torno de um tecido.
Os atributos de células mesenquimais são benéficos durante o desenvolvimento, mas, quando invadida por células cancerígenas, conferem a capacidade de migrar para locais distantes. Além disso, a passagem através de uma EMT permite que as células cancerígenas adultas produzam novos tumores com alta eficiência, a marca característica das células-tronco do cancro. Embora a passagem através de EMT seja reconhecida como um passo importante na formação de células-tronco cancerígenas, os cientistas foram incapazes de identificar claramente as pistas no microambiente de uma célula que induzem a uma EMT.

Sinais autócrinos

Ao estudar as células epiteliais de mama humana, a investigadora Christina Scheel identificou três vias de sinalização (TGF-beta, Wnts não-canónicos e Wnt canónicos) que trabalham em conjunto para manter as características migratórias e de auto-renovação das células epiteliais de mama e das células de cancro da mama. Estes caminhos são continuamente activados nas células-tronco por sinais autócrinos (produzidos pelas próprias células ). Estudar como estes sinais autócrinos funcionam em células epiteliais de mama permitiu aos investigadores especificarem os sinais que permitem que estas células passem por EMT e entrem em estado mesenquimal.
Scheel descobriu que as células epiteliais são mantidas no seu estado de diferenciação através da inibição das três vias de sinalização, isto é, células epiteliais normais produzem proteínas que bloqueiam estas moléculas de sinalização. Para provocar uma transição epitelial-a-mesenquimal in vitro a partir de células epiteliais normais da mama, ela removeu esses inibidores endógenos administrando um cocktail de anticorpos neutralizantes e adicionou fatores de crescimento que estimulam as três vias, imitando assim a sinalização autócrina encontrada em células mesenquimais.
Ao aplicar o resultado com EMT, Scheel direccionou as células a um estado mesenquimal, associado com aumento da capacidade migratória e características semelhantes às das células-tronco. Eventualmente, as células epiteliais em formação estabilizaram este estado por meio de sinalização autócrina.
Para ver os efeitos do bloqueio desta sinalização autócrina em um modelo animal, Scheel implantou em ratos células epiteliais de mama humana que passaram por EMT. A investigadora injectou então no local da implantação as proteínas que bloqueiam as três vias. Os ratos utilizados nesta experiência apresentaram um décimo do número de tumores encontrados nos ratos que não receberam as proteínas inibidoras. Além disso, as células do cancro da mama que foram pré-tratadas in vitro com estas proteínas demonstraram uma capacidade muito reduzida de metástase quando implantadas nos animais .
Segundo os investigadores, essas experiências mostram como células cancerígenas usam as funções celulares normais para derrubar as células saudáveis. "Esses sinais autócrinos não são algo que as células do cancro da mama inventam, mas resultam de uma activação de células-tronco normais . O cancro da mama de células-tronco dependem destes sinais para se manterem, então eles permanecem susceptíveis de bloquear esta sinalização autócrina. Pode ser uma excelente maneira para atingir o cancro da mama de células-tronco. Além disso, nosso ganho na compreensão de como os traços migratórios e de auto-renovação são activados em células epiteliais normais da mama pode promover nossa compreensão da homeostase do tecido normal e pode ser de grande utilidade na área da medicina regenerativa", explicou Scheel.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

A tela da vida muda de cor

Tudo começa a ficar melhor. Hà uns meses atrás a minha vida estava pintada de um negro bem carregado agora, está meio azul. A tela da minha começa a ter cor!!
No passado dia 9 fui à consulta da mama.  Ia com medo e receosa mas isso eu vou sempre.  Afinal correu tudo bem.
A médica disse que eu estava com muito bom aspecto. Observou-me e perguntou-me se eu queria fazer a reconstrução.
- A reconstrução? Claro que quero respondi eu. Não hà nada que eu queira mais.
A Drª Ana Ferreira reconduziu-me então para a consulta de plática que vou ter precisamente no dia 29 deste mês. A médica disse-me que não ia ser fácil. Mas o que foi fácil até agora?
Esta vai ser mais uma etapa. Espero eu que seja a última para concluir todo este processo.
Agora só vou ser vista pela médica em Março do ano que vem. No entanto pelo meio tenho alguns exames para fazer: a ecografia mamária e a ecografia pelvica.
Aos poucos e poucos tudo começa a ficar melhor... Todo o meu processo de cura foi feito em etapas e passou mais depressa do que aquilo que eu contava...

domingo, 12 de junho de 2011

Saúde - Novo medicamento para o cancro da pele - RTP Noticias, Vídeo

Saúde - Novo medicamento para o cancro da pele - RTP Noticias, Vídeo

Novo medicamento para o cancro da pele

Foi descoberto um novo medicamento que reduz a mortalidade das pessoas vítimas de cancro de pele. O novo químico tem um efeito positivo em mais de 63% dos doentes. O medicamento já está a ser utilizado nos Estados Unidos.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

     Ganhei este selo da minha amiga Ana Camões.
Obrigada amiga

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Nunca me vou esquecer de quem me ajudou
 Quando descobri a minha doença fiquei completamente desorientada sem saber o que fazer e a pensar se a vida valia a pena e porquê isto me estava a acontecer a mim.
Tive sempre o apoio do meu marido,da minha família, das minhas grandes amigas da escola e de outras pessoas. Estive sempre rodeada de pessoas que me queriam bem.
No entanto eu necessitava de alguém que entendesse bem aquilo que eu estava a passar.
Alguém que já tivesse passado pela doença ou estivesse a passar. Alguém que falasse a mesma linguagem entendem?
Então comecei a pesquisar na net testemunhos de pessoas que tivessem cancro.
Encontrei duas pessoas: a Margarida Faro no blog Mamas à Lupa e o blog da Virna Soledade.
A Margarida é de Portugal a Virna do Brasil.
Entrei em contacto com elas por mail a explicar que  tinha cancro da mama e que estava desesperada.
Tive logo resposta das duas a darem-me apoio. A Margarida ao ver o meu desespero deu-me os seus contactos telefónicos dizendo que ficava à espera do meu telefonema.
Eu não queria incomodar mas sentia-me desesperada! Então resolvi telefonar.
A Margarida foi muito minha amiga. Perdeu imenso tempo comigo ao telefone a ouvir-me e a explicar-me algumas coisas. Também me contou como tudo lhe aconteceu.
Senti que tinha alguém que realmente entendia o meu sofrimento. Alguém que também já tinha sofrido como eu. A Margarida acompanhou-me sempre ligando-me e dando-me sempre o seu apoio.
Comecei a utilizar mais o facebook que até à data nunca o tinha feito. Pesquisei lá também testemunhos sobre o cancro e descobri o mural Sobrevivi ao cancro.
Lá apareciam testemunhos de pessoas que tinha tido cancro. Pedi amizade a algumas pessoas. Descobri gente fantástica: a Anabela Gouveia, a Celta Sun, a Fernanda Parello ( que agora trato por minha mamã), a Fernanda Deodato, ....
Todas estas pessoas me deram o seu apoio incondicional. Foram fantásticas!
Fui para a minha cirurgia e quando voltei eu estava numa tristeza profunda. Passada uns dias fui ao meu facebook e coloquei no meu mural uma frase muito triste. A Margarida quando viu, mandou-me uma mensagem de apoio e disse-me que ela tinha no facebook um grupo fechado de pessoas, que já tinham tido cancro e outras que ainda estavam na luta contra o mesmo.Perguntou-me se eu queria entrar. Eu disse que sim. Foi logo adicionada ao grupo Gang da Mama que é pura e simplesmente fantástico. As meninas do Gang da Mama deram-me muito, muito apoio. Ajudaram-me sempre nesta caminhada muito dura. Deixo aqui um beijinho muito grande para todas elas.
À Margarida deixo um beijinho e um xi coração muito apertado e a mensagem de que nunca me vou esquecer o que fez por mim obrigada.
Através do Gang descobri uma amiga a Ana Camões que mora aqui perto de mim. Também ela estava a travar luta contra o malvado. Fui ter com ela e estivemos a conversar a tarde toda! E foi com ela que eu criei este blog. Foi muito bom vim de lá mais leve! Obrigada Ana beijinhos grandes!
 Ela emprestou-me um livro para eu ler ( tenho a foto aqui no mural) que me tirou algumas dúvidas.
Falei também sempre muito com a Maguie, a benfiquista da minha vida que é uma querida e falei também muito com a Cinda. Ela é pura e simplesmente fantástica. Uma mulher com uma energia!!!
Com a Armanda também falei algumas vezes que muita calmamente me deu o seu apoio e carinho.
Obrigada a todas beijocas grandes!
Com as outras pessoas a quem eu tinha pedido amizade continuei, a manter contacto quer pelo facebook quer por contacto telefónico.
Um dia resolvi criar um grupo também ele fechado com o mesmo nome do meu blog. Convidei todas as minhas amigas fora do Gang da Mama a entrarem no grupo. Foi das melhores coisas que já fiz. O grupo Eu e o Cancro é fantástico. Um beijinho enorme para todas elas!!!
Já agora passem pelos blogs: mamas à lupa, a vida não é fácil, eu vou vencer,testemunho de uma vida.
Vão ler testemunhos de mulheres valentes que venceram o cancro.

domingo, 5 de junho de 2011

Saudades!!!!

Hoje estou um pouco triste. O meu pai fazia 73 anos se fosse vivo mas, o cancro tirou-lhe a vida há cinco anos atrás.
- Paizinho tenho muitas saudades tuas nunca me esqueço de ti. Beijinho e até um dia...

sábado, 4 de junho de 2011

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Leitura e filmes

Olá amigas(os) acabei de ler este livro. Foi a minha leitura sempre que ia ao I.P.O. a consultas ou fazer exames. Foi sempre a minha companhia. E uma boa companhia por sinal. A história é muito bonita! Fala da adolescência,  do amor e pontaria dos diabos uma das personagem morre de cancro.No final do livro chorei imenso e sempre que lia uma frase tinha de parar pois as lágrimas corriam-me pela face abaixo.

Muitas vezes lia um parágrafo, parava e tentava disfarçar pois as pessoas que estavam à minha volta olhavam para mim...
Bem amei a leitura. Eu gosto muito deste autor. Já li imensos livros dele. As suas histórias são lindas e muito tocantes.

O primeiro livro que li dele foi:  As palavras que nunca te direi. Fantástico!!! O filme já não posso dizer o mesmo.
Foi uma verdadeira decepção! O livro é de longe muito melhor!!!
 Com este livro passou-se o mesmo. Estive a ver o filme. Não tem nada a ver, mesmo nada!!!!
A caracterização das personagens não é a mesma coisa, a história está modificada enfim!!! Prefiro a leitura e nunca mais vou ver os filmes dos livros que leio...
Já agora leiam, leiam muito.

Carlos Drummond de Andrade
"A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede".
  
Viajar pela leitura
sem rumo, sem intenção.
Só para viver a aventura
que é ter um livro nas mãos.
É uma pena que só saiba disso
quem gosta de ler.
Experimente!
Assim sem compromisso,
você vai me entender.
Mergulhe de cabeça
na imaginação!
Clarice Pacheco

quinta-feira, 2 de junho de 2011

??? Que se passa???

Não sei o que se passa no meu blog que as fotos dos meus seguidores não aparecem.
Estranho!!

quarta-feira, 1 de junho de 2011


Segunda injecção de hormonoterapia


Ontem fui fazer o segundo tratamento de Hormonoterapia. Correu tudo muito bem apesar do meu medo e pavor das agulhas. Mas não dói muito confesso. Ainda bem!
Com este tratamento tenho tido muitos afrontamentos, alterações de humor corrimento e secura vaginal. São sintomas normais para quem faz hormonoterapia como eu. A enfermeira já me tinha avisado.
O que me custa mais neste momento são os calores. E nesta altura do ano ainda pior pois acabo por ter 3 tipos de calores: os afrontamentos, os calores do tempo e da minha cabeleira que agora incomoda-me um pouco. O cabelo já está a crescer mas ainda se vê muito o meu couro cabeludo. Ainda não estou preparada para me ver sem a cabeleira! As alterações de humor também me incomodam! Por vezes estou muito nervosa e acabo por ser antipática e mal-humorada coisa que não tem nada a ver comigo. Tenho também muito corrimento vaginal e secura. Passo a vida a mudar de cuecas pois fico molhada e sinto-me desconfortável. Evito usar pensos diários pois já me disseram que o seu uso pode provocar infecções urinárias, pois são um poço de micróbios!

Para a secura vaginal comprei um gel íntimo não hormonal à base de água.Chamasse KY Jelly. É muito bom e não é caro.
 Agora vou voltar ao I.P.O. no dia 9 de Junho para a consulta da mama. Vamos lá ver o que a médica me vai dizer. Vou sempre com algum receio mas.... Bom seria se ela me encaminha-se para a consulta de Plástica. Anceio imenso por fazer a minha reconstrução.



Dia Mundial da Criança

Um beijinho muito especial a todas as crianças do Mundo. Sejam felizes meus amores!!!!


DIREITOS DAS CRIANÇAS

1- A criança deve ter condições para se desenvolver física, mental, moral, espiritual e socialmente, com liberdade e dignidade.
2- A criança tem direito a um nome e uma nacionalidade, desde o seu nascimento.
3- A criança tem direito à alimentação, lazer, moradia e serviços médicos adequados.
4- A criança deve crescer amparada pelos pais e sob sua responsabilidade, num ambiente de afecto e de segurança.
5- A criança prejudicada física ou mentalmente deve receber tratamento, educação e cuidados especiais.
6- A criança tem direito a educação gratuita e obrigatória, ao menos nas etapas elementares.
7- A criança, em todas as circunstâncias, deve estar entre os primeiros a receber protecção e socorro.
8- A criança deve ser protegida contra toda forma de abandono e exploração. Não deverá trabalhar antes de uma idade adequada.
9- As crianças devem ser protegidas contra prática de discriminação racial, religiosa, ou de qualquer índole.
10- A criança deve ser educada num espírito de compreensão, tolerância, amizade, fraternidade e paz entre os povos.